Você, corre, anda ou acelera com 2 ou 1 perna?

Essa é uma pergunta que sempre faço para meus alunos e atletas quando explico a importância de treinarem de forma unilateral, até porque ao realizarem esse exercício com as minhas instruções, normalmente fazem aquela cara de quem comeu e não gostou

Sempre explico o motivo de estarem realizando o exercício, que quando executarem o movimento terão noção dos benefícios deles.

Antes de responder a pergunta darei um exemplo para pensarmos sobre. Se corrêssemos com 2 pernas pareceríamos como cangurus: pernas paralelas impulsionando o nosso corpo para frente, é dessa forma que se movimentamos no jogo?

Não!

Em linha reta, vamos dando passos de forma dinâmica e unilateral, caso contrário não conseguiríamos por exemplo aumentar nossa velocidade constante, não mudaríamos de direção, não correríamos de costas, não chutaria para gol se apoiando em uma perna e tocando com a outra, entre outros favorecimentos.

Por isso a resposta é: corro, ando, acelero com  1 perna!

Um dos maiores benefícios de exercícios unilaterais é o equilíbrio muscular, já que a grande maioria acredita que treinar de forma bilateral (com as 2 pernas), já está fazendo o 2 em 1 e na verdade não está. Imagina uma carroça com 2 cavalos, sendo um mais forte do que o outro, em uma reta seu dono coloca-os em disparada, o que você acha que vai acontecer com o mais fraco? Vai direto para o veterinário.

É a mesma coisa com a nossas pernas, se estamos jogando e a preferência é só em 1 perna, a outra naturalmente irá enfraquecer pois não está sendo estimulada em igualdade, o que fazer? Treinamento Unilateral, que assim diminuirá a probabilidade de lesões, tendo um equilíbrio entre ambas, obtendo os resultados desejados no jogo. Pega essa informação e coloque em prática ou vai precisar se lesionar para saber que tem desequilíbrio muscular?