Você já teve a sensação dos movimentos que faz, sentir como se tivesse tomando uma facada? Essa é uma das sensações de ter essa lesão…

Uma inflamação originada por excesso de movimentos errados e repetitivos, ou até mesmo ajustes que o nosso corpo faz, para manter outras articulações intactas, sem sofrer algum tipo de desgaste; esse é o sintomas dessa lesão tão chata que assombra a boleirada.

Muitas vezes, essa lesão surge nos praticantes de futebol por não terem a musculatura que envolvem o quadril fortalecidas, ou ativadas para receber o movimento que será executado em jogo. Imagine você como uma estrutura de um prédio; erguido com tijolos e cimento. Esses “materias de construção” são seus ossos e seus músculos, tendo eles de má qualidade tidos como fracos, acredita que seu prédio irá permanecer por um grande tempo em pé?         

Você sabe que NÃO!

Para que seu “prédio” dure por anos sem nenhum tipo de dano, um plano de treinamento previne todos esses riscos, um base forte através de exercícios de estabilização e ativação de quadril, trabalhos de mobilidade articular, com treinos de força irá otimizar todo esse trabalho.

Para garantir ainda mais a rigidez, saiba se recuperar com exercícios de alongamentos estáticos, assim a sua estrutura prevalecerá forte e melhor por um longo tempo.